quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Mistérios da Cabala

N. Compilador AIN SOPH - O “Ilimitado” ou Infinito;

Doutrina e Teologia Cristã

A teologia cristã, tomando a doutrina dos arcanjos e dos anjos diretamente da Cabala oriental, da qual a Bíblia mosaica é apenas uma cópia alegórica, deveria pelo menos lembrar-se da hierarquia inventada por ela para essas emanações personificadas.

Cristianismo Primitivo

O Cristianismo primitivo teve suas imposições de mão, suas senhas e seus graus de iniciação.

Católicos Romanos transformaram Maria Mãe de Jesus

Foram os católicos romanos que transformaram Maria, a mãe de Jesus, numa deusa.

A versão Judaica do nascimento de Jesus

A versão judaica do nascimento de Jesus está relatada no Sepher-Toledoth-Yeshu com as seguintes palavras:

O filho de Deus e o Espírito Imortal

O "filho de Deus" é o espírito imortal atribuído a todo ser humano.

Jesus jamais afirmou ser Deus

É dos mais sugestivos o fato de não haver uma única palavra nas chamadas Escrituras sagradas que mostre que Jesus foi considerado como um Deus por seus discípulos.

Crença dos verdadeiros Cristãos

À crença dos verdadeiros cristãos primitivos.

domingo, 13 de agosto de 2017

Identidade de Jesus

Os primeiros grupos de cristãos, que Renan afirma não passarem de sete a doze homens em cada igreja, pertenciam, sem sombra de dúvida, às classes mais pobres e mais ignorantes.

Cosmogonias Orientais

Comparações entre sistemas Indiano, Caldeu e Ofita.

Jeová é idêntico a Baco

Sustentariam ainda os cristãos a identidade do "Pai" de Jesus com Jeová, se pudesse aduzir uma prova suficiente clara de que o "Senhor Deus" não é outro senão o Baco pagão, Dionísio?

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Preceitos de Manu

Abri agora o Livro de Manu, e lede:

Dogma dos Gnósticos

E agora, a fim de tornar tais passagens mais inteligíveis, tentaremos definir, da maneira mais breve possível, os dogmas em que, com diferenças insignificantes, quase todas as seitas gnósticas acreditavam.

Baruc - Capítulo 6

Cópia de uma carta dirigida por Jeremias aos prisioneiros que deviam ser deportados para Babilônia, pelo rei dos babilônios, para dar-lhes conta da mensagem que Deus o havia encarregado de transmitir.

Baruc - Capítulo 5

1. Tira, Jerusalém, a veste de luto e de miséria;

Baruc - Capítulo 4

1. Ela é o livro dos mandamentos divinos e a Lei que subsiste para todo o sempre.

Baruc - Capítulo 3

1. Senhor, todo-poderoso, Deus de Israel, é uma alma angustiada e um coração atormentado que clama a vós:

Baruc - Capítulo 2

1. Assim sendo, pôs o Senhor em execução a ameaça que, contra nós, havia pronunciado, e contra os nossos chefes que governavam Israel, os nossos reis e príncipes e todo Israel e Judá;